Buscar
  • fredericopereira191

3 matemáticos que todo trader deve conhecer!


Leonardo de Pisa, o matemático da Idade Média!

O principal desafio de todo trader é tentar antecipar os movimentos do mercado, então devia ser natural procurar conceitos matemáticos que os ajudem a entender e explorar as oscilações dos preços.


Por isso, todo trader devia conhecer os 3 matemáticos desse texto, que deram contribuições significativas para o esforço humano de tentar entender, ou melhor, aproveitar as oscilações dos preços no mercado.


Então listei eles aqui e dei uma explicada sobre o que cada um fez. Boa leitura!



1 - Leonardo de Pisa, ou Fibonacci


O primeiro foi um matemático italiano que é considerado o primeiro grande matemático europeu. Ele trouxe ao Ocidente conhecimentos do Leste como os números arábicos. A sua publicação do Liber Abaci em 1202 é considerada um dos marcos do renascimento das ciências exatas.


Sua principal contribuição para os traders é a sequência de Fibonacci, que é basicamente a seguinte: 0, 1, 1, 2, 3, 5, 8, 13, 21, 34, 55, 89, 144, 233, ...; ou seja, o próximo número é a soma dos dois anteriores.


Essa sequência pode ser encontrada em vários sistemas complexos da natureza, sendo utilizada em vários ramos da ciência. Nos mercados é utilizada para encontrar níveis de correção, projetar alvos de operações, calcular possíveis retornos, etc.


As ferramentas mais conhecidas e utilizadas por grafistas, que são os que mais usam "fibo", são: a retração e a projeção de fibonacci; praticamente todas as plataformas de gráficos oferecem pelo menos essas duas.


2 - Ralph Nelson Elliott


Ralph Nelson Elliott

Já no século XX, o norte-americano Ralph Nelson Elliott foi muito além do que era conhecido e apresentou uma teoria para utilizar a sequência de Fibonacci no estudo das oscilações dos preços no mercado, apresentando o conceito das Ondas de Elliott.


A publicação de The Wave Principle marcou o mundo dos traders, pois nele Elliott apresenta o Princípio das Ondas, que pode ser demonstrado pela figura ao lado do autor na imagem acima, com um movimento completo, com 5 ondas de avanço da tendência principal (1,2,3,4,5) e 3 ondas de correção do movimento (a,b,c).


Basicamente, Elliott afirmou que o mercado se move em ciclos, sendo que esses podem ser entendidos com a contagem das ondas. Esse foi um grande passo.


3 – Benôit Mandelbrot



Esse francês de oridem polonesa da imagem deu um passo além na análise das oscilações do mercado ao cunhar o termo “fractal” e apresentar suas contribuições para a matemática, a apresentação do seu “conjunto de Mandelbrot” que apresenta os intermináveis desdobramentos dos movimentos foi o último grande marco da matemática nos mercados financeiros.


Na essência, Mandelbrot afirmou que mesmo aquelas coisas consideradas extremamente bagunçadas e totalmente aleatórias, podem ter algum grau de ordem. Ele propõe que ainda não temos condições de prever esses desdobramentos, mas que podemos mapeá-los e, mais importante, aproveitar o que podemos conhecer dos fractais, utilizá-los para algo útil.


Nesse sentido, todo trader deve entender que olhar o mercado em termos fractais, em diferentes tempos gráficos, pode ser uma forma interessante de tentar entender os movimentos e, dessa forma, poder aproveitar.


Conclusão


O texto de hoje é como uma semente (a maioria é...kkk), a partir disso aqui todo trader pode aprofundar seus conhecimentos sobre as ideias desses 3 caras e ter muito mais conhecimento para operar nos mercados.


Mas para não terminar sem deixar nada prático, segue:


1 – Fibo: os movimentos tem limites, eles findam, não dá pra ganhar tudo em um trade só, então tenha alvos realistas, pense em usar medidas de fibo para sair das operações.


2 – Elliott: os movimentos tem tendências, os movimentos a favor das tendências são muito maiores, então não vá contra eles, procure aproveitá-los.


3 – Mandelbrot: parafrasendo Brandon Stark, “o caos é uma escada”, nós podemos não ter total conhecimento sobre como os movimentos evoluem, mas podemos ser bem oportunistas e aproveitar dando pequenos passos (degraus), para conseguir aproveitar, domar a aleatoriedade, como diz Taleb.



É isso, muito obrigado por ler meu texto e boa sorte!

42 visualizações
 

©2018 by Fred Pereira. Proudly created with Wix.com