Buscar
  • fredericopereira191

Como dois dentistas começaram a investir dinheiro?


Os dois dentistas desse texto são atletas apaixonados como esse casal da foto.

Nos últimos 2 meses tive a oportunidade de ajudar um casal que está começando a acumular dinheiro, pedi a eles para contar a história, só pediram para mudar os nomes, então chamarei de Luan e Cléo (são atletas como o exemplo da foto... kkk).


Os dois são dentistas, formados quase no mesmo ano. Procuraram-me por indicação de um amigo em comum, pois leram um livro sobre finanças pessoais e tiveram a brilhante ideia de seguir a recomendação de acumular dinheiro para ter uma aposentadoria com liberdade financeira.


Os dois juntos tem uma renda mensal média de R$ 11 mil, a qual não sei julgar se é alta ou baixa para dois dentistas, mas sei que é um bom valor em comparação com a grande maioria dos brasileiros.


Eles já possuíam R$ 19 mil aplicados em uma caderneta de poupança, mas rapidamente compreenderam que podiam melhorar o tipo de aplicação financeira e já sabiam que precisavam ter um plano de longo prazo.


Esse texto é um relato do que eu sugeri a eles e que eu recomendo a qualquer pessoa ou casal que esteja nesse estágio da vida.



1º PASSO: FORMAR UMA RESERVA DE EMERGÊNCIA


Apesar da vontade deles (principalmente do Luan) em conversar investimentos mais rentáveis, principalmente porque pipocam notícias e anúncios sobre novas oportunidades.


Era minha obrigação avisá-los que o primeiro passo deve ser formar uma reserva de emergência, que eles ainda não tinham. Essa reserva deve ser de no mínimo uns 3 meses de renda mensal, no caso deles R$ 33 mil reais.


Outras pessoas podem precisar de uma reserva bem maior, como 12 meses, dependendo de quão volátil ou insegura é a fonte de renda.


Esse era o valor que eles deviam acumular para ter em caixa, aplicados em um fundo DI, um CDB de liquidez diária ou uma conta renumerada. Algo que pagasse a eles 100% do CDI e tivesse liquidez imediata, ou seja, pudesse ser sacado logo no dia seguinte.


Felizmente, no momento em que escrevo, eles já fizeram isso, deixaram R$ 10 mil na poupança (a Cléo fez questão disso... kkk) e colocaram R$ 23 mil em um fundo de renda fixa que rende em média mais que 100% do CDI diariamente.


Expliquei pra eles que depois que a reserva fosse formada, nós poderíamos dar o segundo passo.


2º PASSO: DEFINIR QUANTO ECONOMIZAR PARA A APOSENTADORIA


Casal aposentado velejando, poucas pessoas tem condições de se aposentar financeiramente livre!

Depois que você garante a sua reserva de emergência, precisa começar a investir em ativos mais rentáveis, em ter rendimentos maiores que lhe permitam ter crescimento de capital ao longo dos anos.


O primeiro e mais importante objetivo deve ser a aposentadoria, atingir a liberdade financeira que lhe permitirá deixar de trabalhar ou trabalhar no que bem entender.


O valor necessário para isso depende da capacidade de cada um em poupar, mas é óbvio que não pode ser muito pouco, correndo o risco de não acumular o suficiente ou demorar tempo demais, e não pode ser muito a ponto de privar a família do básico.


Como o Luan e a Cléo ainda estavam um tanto empolgados com a leitura do livro, ainda estavam pensando em poupar o máximo possível, algo entre 30 e 40% da renda mensal. Por experiência eu sei que essa empolgação passa, o valor diminui e até corre o risco de ir a zero em alguns meses.


Por isso, expliquei a eles que em média as pessoas que conseguem acumular durante a vida inteira, que é o ideal, costumam guardar em média uns 15% e sugeri que eles se esforçassem para ter isso como uma referência, quando pudessem, economizassem mais, mas não deixassem de economizar para não ficar com uma média anual abaixo de 15%.


Felizmente, no mês em que escrevo eles transferiram a primeira remessa com esse objetivo, cerca de 18% da renda mensal deles, que foi alocada em ações de uma empresa que paga excelentes dividendos e que tem um negócio próspero e lucrativo.


Dinheiro para aposentadoria, é bom lembrar, deve ser investido em ações ou fundos imobiliários, que nos oferecem rendimentos reais maiores no longo prazo. Pode-se até aproveitar alguma renda fixa, mas isso é quando ela está oferecendo rendimentos reais significativos.


Seguindo o plano definido com o casal, vamos continuar alocando mensalmente nos próximos 30 anos (Luan tem 34 anos e Cléo 30 anos), em ações e fundos imobiliários que estejam negociando preços interessantes e tenham boas perspectivas de gerar retornos altos nos anos vindouros.


Urge ressaltar que você não precisa guardar 15% para se aposentar livre e rico, como demonstrei no texto “Como se aposentar rico” (clique para ler), com 10% você já pode conseguir isso.


3º PASSO: DEFINIR E PLANEJAR PROJETOS DE MÉDIO PRAZO


Casais podem planejar as finanças antes de ter filhos, como nosso exemplo está fazendo.

Depois de formar a reserva de emergência e estabelecer quanto vão poupar para a aposentadoria, é preciso começar a guardar também para projetos de médio prazo, aqueles objetivos que temos de até 5 anos.


Luan e Cléo querem fazer uma viagem para a Europa em 2 anos e outra para os EUA em 4 anos, final de 2021 e 2023, e querem ter o primeiro filho em 2026 (mais de 5 anos). Nada garante que esses planos sobreviverão, mas vale muito a pena se preparar para eles, em vez de se endividar quando o dia chegar.


Por isso eles fizeram uma estimativa de quanto gastarão com esses objetivos, pegamos os valores e dividimos pelo número de meses que faltam, chegando ao valor mensal que seria necessário poupar.


Obviamente, quando somamos os 3 objetivos e a aposentadoria, o valor de poupança mensal ficou enorme, fazendo com que eles repensassem os valores “alvo”. Saíram dessa experiência com duas conclusões:


- queremos ganhar mais dinheiro, precisamos pensar em como fazer isso;


- vamos pesquisar sobre formas de viajar que sejam mais baratas, mas ainda prazerosa, e depois revemos os valores.


Com os valores reduzidos e definidos, dividimos pelo número de meses e encontramos o tamanho dos aportes mensais. Fico feliz em dizer que esse mês eles transferiram como combinado, então fizemos os investimentos adequados em títulos de renda fixa com prazos alinhados com os objetivos.


Compramos CDB pós fixado para meados de 2021 e atrelados a inflação para meados de 2023 e 2026.


COMO QUALQUER PROFISSIONAL DEVE COMEÇAR A INVESTIR DINHEIRO


Tome o exemplo do Luan e da Cléo e comece a investir dinheiro você também. Largue de dar dinheiro de graça para os bancos pelo simples fato de não conseguir se planejar.


Lembre-se que apenas 1% dos aposentados no Brasil são financeiramente independentes, isso é fruto de uma cultura de consumo irresponsável, não faça parte dos 99% que não poupam.


Siga os passos que deixei neste texto e comece logo. Se quiser minha ajuda, fale comigo. Ou compre meu livro sobre isso clicando na imagem abaixo.


Muito obrigado por ler meu texto, um

52 visualizações
 

©2018 by Fred Pereira. Proudly created with Wix.com