Buscar
  • fredericopereira191

Como utilizar seu Perfil de Investidor?


Como utilizar seu Perfil de Investidor? Ou como ele deve refletir nos dados!

Toda vez que você abre uma conta em uma plataforma de investimentos, seja ela uma corretora, um banco ou uma fintech, costuma-se (ou deveria-se) solicitar que você preencha o Perfil de Investidor.


Baseado no resultado do seu Perfil, desde que você seja 100% honesto, é sugerida uma alocação de ativos alinhada com o seu horizonte de investimentos e sua capacidade de aguentar oscilações nos preços a mercado.


Você é “classificado” em variações de um dos 3 tipos a seguir:


- conservador;

- moderado;

- arrojado.


Algumas plataformas podem ter outras classificações, mas elas costumam ser pequenas variações desses 3 tipos. Então vamos nos ater a eles.


No final, coloco alguns pontos importantes que você deve levar em consideração ao montar a sua carteira de acordo com o seu perfil.


Antes de avançarmos, com a sua licença, se você quiser conhecer melhor o mercado financeiro, o suficiente para conversar com qualquer gerente de banco ou assessor de investimentos, e, principalmente, conhecer filosofias de investimento que te ajudam a entender o seu perfil e vencer nesse mercado, clique na imagem abaixo e conheça o meu livro.



Agora vamos aos perfis de investidor.


Investidor conservador


É a pessoa que prioriza segurança e liquidez, ou seja, aquela pessoa que quer correr o mínimo de risco possível (ou nenhum risco) e quer ter o dinheiro disponível rapidamente, assim que precisar.


Para atender essas exigências, é necessário alocar o dinheiro em ativos que tenham pouca volatilidade, que possam sacar rapidamente e que tenham um risco muito baixo de perda. Tipo caderneta de poupança.


Para uma alocação com esse estilo, costuma-se sugerir algo próximo do seguinte:


Alocação de um Investidor Conservador: muita Renda Fixa

Então, se o resultado do seu perfil de investidor for “conservador”, você deve (sugestão AMBIMA) alocar seu dinheiro dessa forma:


- 80% em renda fixa: títulos públicos, títulos privados ou fundos de renda fixa (não inflação ou muito pouco), neste caso o mínimo que você deveria exigir é 100% do CDI;


- 10% em fundos multimercados: sendo que, devido ao seu perfil, é uma boa procurar aqueles que tem o CDI como referência (benchmark);


- 10% em ações: sendo que o seu perfil exigirá ativos com baixa volatilidade, o que sugere a compra de ações de dividendos ou, principalmente no início, fundos imobiliários.


Desempenho de uma carteira de investidor conservador: é de se esperar rendimentos que superem o CDI, se bem feita, mas nunca muito mais do que isso, independente do que aconteça no mercado. Algo parecido com a linha azul do gráfico abaixo.


Desempenho de um investidor deve superar por pouco o CDI.

Investidor Moderado


É uma pessoa que está disposta a assumir um pouco mais de risco, mas não muito. Além de ter um horizonte de investimento de pelo menos alguns anos.


Esse tipo de investidor conforta-se com a possibilidade de ficar só com uma parte do dinheiro disponível imediatamente e aceita prazos maiores para boa parte do capital.


Para atender essa flexibilização, aumentamos a quantidade de renda variável e fundos multimercados, reduzindo a parcela de renda fixa na mesma proporção. Sem descuidar dos prazos que a pessoa estipula para saque.


Para uma alocação com essas demandas, costuma-se sugerir o seguinte:


Alocação de ativos de um investidor moderado.

Então, se o resultado do seu perfil de investidor for “moderado”, você deve (sugestão AMBIMA) alocar seu dinheiro dessa forma:


- 50% em renda fixa: títulos públicos, títulos privados ou fundos de renda fixa (com aumento de participação de inflação), neste caso o mínimo que você deveria exigir é 100% do CDI ao ano, em média, fazendo uma gestão mais ativa dessa parte da carteira;


- 25% em fundos multimercados: o aumento permite que sejam inclusos fundos mais arrojados, como os de multiestratégia, que precisam de mais tempo para gerar retorno;


- 25% em ações: o aumento permite a entrada de ações com um perfil de mais longo prazo, com perspectiva de crescimento ou fundos de ações, além das de dividendos e dos fundos imobiliários.


Desempenho de uma carteira de investidor moderado: por aceitar mais oscilações de preços e ter um horizonte de investimento maior, esse tipo de investidor deve exigir rentabilidades bem maiores que o CDI, tipo 150% ou mais. Quanto mais, melhor. Observe o gráfico abaixo.


Desempenho esperado de um investidor moderado!

O esperado é que a carteira do moderado avance como esses fundos, o Adam Macro FIC FIM (156% do CDI em 3 anos) e o Bahia Maraú FIC FIM (204% do CDI em 3 anos). Ou seja, boas rentabilidades, mas com oscilação, com volatilidade.


Investidor Arrojado


Esse perfil difere fundamentalmente dos outros dois, ele também se preocupa em não perder dinheiro, mas não com as oscilações de curto prazo e médio prazo.


Então esse investidor procura comprar ativos prósperos e lucrativos que ele entenda que tenha valor e espera ficar com eles por muitos anos, por décadas, ou até quando eles forem negociados a preços muito altos.


Perceba que a visão do investidor arrojado é totalmente diferente dos dois anteriores, então a alocação desse tipo de investidor também é bastante diferente, observe como fica no gráfico abaixo.


Alocação de ativos de um Investidor Arrojado.

Então, se o resultado do seu perfil de investidor for “arrojado”, você deve (sugestão AMBIMA) alocar seu dinheiro dessa forma:


- 25% em renda fixa: basicamente um caixa líquido, que será concentrado em um fundo DI ou crédito privado, que pode ser imediatamente sacado para uma emergência ou uma oportunidade;


- 25% em fundos multimercados: de todos os tipos, dependendo mais da qualidade dos gestores para dar altos retornos ou do momento macroeconômico nacional ou internacional;


- 50% em ações: uma carteira diversificada de ações e fundos imobiliários, com foco em comprar ativos prósperos e lucrativos a preços baixos, adicionando algumas especulações pontuais.


Desempenho de uma carteira de investidor arrojado: por ter foco de longo prazo, os resultados de um investidor arrojado podem variar bastante, de acordo com os ativos que ele escolher. Alguns exemplos que podemos utilizar aqui são dos fundos e investidores que pregam essa filosofia, como nos gráficos abaixo.


Ele pode ser muito bom no longo prazo como o Warren Buffett...

... e o Peter Lynch, que fizeram isso no mercado norte americano, ou...

... como a Dynamo que fez isso no Brasil nos últimos 30 anos.

Desde que ele siga uma filosofia de investimentos que lhe proporcione as ideias corretas para comprar ativos no mercado financeiro.


Como utilizar seu Perfil de Investidor?


Para finalizar, deixa eu destacar alguns pontos que eu espero que você utilize ao investir:


1 – essas divisões da carteira não são fixas, você pode definir segundo seus critérios, mas é bom ficar próximo a isso e periodicamente fazer alterações no sentido de voltar à essas proporções.


2 – Fundos imobiliários são ativos mistos, que se encaixam em todas as categorias, então avalie a qualidade dos fundos e inclua-os na sua carteira, mesmo que seja de investidor conservador.


3 – Como acredito que nossos investimentos devem ser de longo prazo, acredito que todos deveríamos caminhar para o perfil arrojado ao longo da vida, à medida que fôssemos acumulando ativos prósperos e lucrativos a preços baixos. Ou seja, você pode até começar como um conservador, mas o ideal é ir avançando aos próximos à medida que seus ativos de renda variável se tornem cada vez mais baratos.


4 – Está cientificamente comprovado que quanto mais vezes você olha e altera sua carteira, maior a probabilidade de você perder dinheiro, então reavalie sua carteira num prazo de meses, trimestralmente, semestralmente ou anualmente.


Por fim, permita-me lhe sugerir que leia meu livro sobre investimentos em mercado financeiro. Esse livro te deixa ainda mais preparado para investir nesse mercado. Clique na imagem abaixo para conhecer e comprar.



Muito obrigado por ler meu texto, um abraço e boa sorte!

34 visualizações
 

©2018 by Fred Pereira. Proudly created with Wix.com