Buscar
  • fredericopereira191

IPO da Vamos: minha opinião


Grupo Vamos Locação de Caminhões Máquinas e Equipamentos

Me desculpem pela imagem de má qualidade, não encontrei outra melhor no Google.


Se você não sabe o que é um IPO ou oferta pública, leia sobre isso clicando aqui!


Se você leu, já sabe que tem dois motivos para entrar em uma oferta pública:


1 - se tornar sócio da empresa, o mesmo que comprar uma ação no mercado.


2 - flippar, que significa entrar na oferta e vender as ações no primeiro dia, ou seja, especular que haverá uma subida nos preços logo no primeiro dia.


Se nós pensarmos no primeiro motivo, não faz muito sentido entrar na oferta, pelo menos para quem quer comprar barato.


Isso acontece porque os bancos de investimento que estruturam essas ofertas avaliam a empresa muito acima do valor patrimonial e, neste caso específico, a muitas vezes os lucros.


Se nós pensarmos no segundo motivo, precisamos avaliar se a demanda pode ou não ser muito maior do que a oferta e, mais importante, se haverá muita gente querendo comprar o papel depois da oferta.


Para fazer essas reflexões é preciso conhecer mais sobre a empresa e sobre o que o mercado vem comentando sobre essa oferta.


A empresa


A Vamos locação é uma empresa do grupo JSL, um conglomerado de empresas que atua em várias áreas ligadas a automóveis.


A JSL (JSLG3) é uma empresa focada em gestão de logística, tanto de mercadorias, quanto de pessoas, atendem vários negócios por todo o país.


O grupo também é controlador da Movida (MOVI3), que é a terceira maior locadora nacional, uma empresa em franco crescimento.


Na Vamos, o grupo JSL controla seu braço de locação de caminhões e máquinas, além da revenda desses equipamentos e representação de outras marcas através de uma rede ampla de concessionárias de semi-novos.


Mais de 95% do lucro da empresa vem do negócio de aluguel de caminhões, que é muito semelhante ao negócio de locação de veículos praticado por Movida, Locamérica e Localiza.


A Vamos compra o caminhão muito mais baratos que o resto do mercado, por ter um relacionamento de longo prazo com os fabricantes e linhas de crédito muito mais baratas que qualquer concorrente.


Comprado o caminhão, a empresa faz contratos de 5 anos de aluguel com clientes que são, majoritariamente, empresas e possuem multas de 50% ou mais do valor do veículo.


No fim dos contratos de 5 anos, a Vamos usa sua rede de concessionárias para vender os caminhões a preços mais interessantes do que o resto do mercado, pois enquanto esses vendem caminhões de cerca de 15 anos de vida, os da Vamos só tem 5 anos de vida.


O que a empresa recebe de aluguel mais o que recebe na revenda proporciona à empresa lucro líquido de mais de 10% no negócio, o que por si só já é interessante.


Mais o negócio é ainda melhor. Pois a empresa está, literalmente, explorando o seu "oceano azul", ou seja, ela criou esse mercado, é a pioneira, por enquanto não tem concorrência relevante, o que lhe permite crescer a taxas de dois dígitos.


Esse mercado ainda é de menos de 1% no Brasil, mas já é de 16% nos EUA; esse amplo espaço para crescer somado a forma como a empresa já cresce é um dos atrativos que podem fazer com que grandes investidores se interessem pela empresa.


Afinal de contas, não existe negócio melhor do que um monopólio estável e lucrativo.


Guia do Mercado Financeiro no Brasil (com a sua licença)


Escrevi um livro que reúne o conhecimento básico para qualquer investidor iniciante entender o mercado financeiro e começar a investir do jeito certo, clique na imagem abaixo para saber mais.




O mercado


Nos últimos 10 dias li vários relatórios sobre essa oferta, das principais casas de análise, de bancos, de assessores e blogueiros; além, é claro, do próprio prospecto da oferta.


As informações oferecidas pela empresa e seus assessores na oferta serve como uma referência, mas deve-se ter um pé atrás, já que eles estão lá tentando vender as ações pelo maior preço possível.


A ideia é prometer muito crescimento para o futuro, no intuito de que o mercado compre as ações a preços muito acima do valor patrimonial.


O mercado sabe disso e até avalia isso de forma positiva quando o dinheiro que é captado na oferta é utilizado para financiar a própria empresa, principalmente quando é para investir no crescimento da empresa.


Mas esse não é o caso dessa oferta, a maior parte do dinheiro vai para o bolso dos controladores, ou seja, o grupo JSL está embolsando lucro do negócio que criaram, faz sentido pra eles, independente do que o mercado pense.


A outra parte vai ajudar a diminuir a alavancagem da empresa, reduzir o nível de endividamento, ou seja, nada de investimento em crescimento.


Esse é o principal motivo para o fato de que a grande maioria dos relatórios que eu li não recomendar a entrada na oferta.


O segundo motivo para isso, que vale a pena ser mencionado, é que a empresa sai a mais de 17x os lucros anuais, um valor exorbitante na minha opinião e na de muitos.



Resumindo e concluindo


Por um lado temos um negócio com excelentes características para os fundos de ações brasileiros, que costumam comprar as ações mesmo estando caras, desde que o negócio seja muito bom e bem administrado.


Pelo outro, temos um controlador saindo de parte de um negócio e colocando dinheiro no bolso, o que boa parte do mercado vê com maus olhos, alegando que não faz sentido alguém vender um negócio tão bom, a não ser que seja pra investir e crescer mais (não vejo dessa forma, mas...).


Isso faz com que a decisão de entrar na oferta não seja muito clara, não seja uma oportunidade muito óbvia.


Pelo primeiro motivo, que seria ser sócio, não acho que valha a pena entrar, as ações começam a negociar a preços muito altos, acho melhor esperar por uma baixa nos preços no futuro.


Pelo segundo motivo, acho que vale a pena entrar com uma oferta vinculada a demanda, dessa forma se a demanda não for alta, fico de fora, se a demanda for alta, entro.


Acredito que se a demanda for alta na oferta, deve haver demanda no primeiro dia de negociação e isso nos permite flippar no final do dia.


É a minha opinião!


Cadastre seu email e receba mais educação financeira, clique aqui!

55 visualizações
 

©2018 by Fred Pereira. Proudly created with Wix.com