Buscar
  • fredericopereira191

O que é a bolsa de valores?


Essa é a entrada da bolsa de valores, B3, a única do Brasil!

É um ambiente organizado onde compradores e vendedores negociam os diversos ativos financeiros disponíveis.


Exemplificando, você quer comprar 100 ações de Gerdau, seu vizinho quer vender 100 ações de Gerdau, vocês não farão essa negociação e registrarão em um cartório, pois essas ações foram emitidas e registradas na B3.


Então vocês precisam fazer suas negociações na B3, que é a bolsa de valores, o ambiente organizado, onde a Gerdau reconhece os negócios que são feitos com suas ações.


Ilustrando com a história


No meu texto “O que é a ação de uma empresa?” (clique aqui para ler), expliquei que as ações surgiram com a primeira empresa de capital aberto da história, a Companhia das Índias Orientais.


Além disso, mencionei que as pessoas que investiram na emissão das ações e depois queriam, ou precisavam, vender as ações e outras queriam comprar, o que, obviamente, gerava negociações.


O que não expliquei naquele texto, por fugir do assunto, foi que a bolsa de valores surgiu nessa mesma época, justamente para atender a necessidade de organizar e registrar essas negociações de quem havia investido na empresa com que queria ter as ações.


Vamos entender isso melhor, começando com exemplos de negociações.


Imagine que uma viúva herdou as ações que o marido havia comprado na emissão das ações da Companhia, ela nem sabia bem o que era, mas algum esperto oferecia dinheiro pelas ações, ela vendia.


Outra imaginação, um especulador ficava sabendo que uma pessoa tinha as ações mas precisava de dinheiro, então ofereceu uma quantia, alegando que havia rumores de que os navios demorariam a voltar, a pessoa aceitava.


Esses negócios eram realizados por conta própria, sem registro, sem nenhum tipo de organização, não demorou muito para ocorrerem fraudes, o que era um problema para os acionistas.


Como não havia o registro das negociações, ninguém sabia quem eram realmente os acionistas e quem eram os fraudadores, então os principais acionistas e as autoridades das cidades (praticamente as mesmas pessoas) resolveram organizar um local específico onde seriam feitos os registros das negociações.


A partir disso os negócios com as ações da Companhia passaram a ser reconhecidos apenas se fossem realizados nesse local, o que forçava compradores e vendedores a irem até esse local para fechar a negociação, esse local ficou conhecido como: bolsa de valores.


Então, fica claro que a bolsa de valores é apenas o local, ou ambiente, em que são realizados a compra e a venda de ativos financeiros. Essa organização em um ambiente específico é importante para garantir a segurança das negociações e dos investidores.


Como começar a investir dinheiro? (com a sua licença)


Se você ainda está a procura de informações sobre mercado financeiro, deve estar começando a investir ou pretendendo, o que me leva a lhe oferecer meu e-book para quem quer começar a investir dinheiro. Clique na imagem abaixo para saber mais.





Neste livro eu ofereço o conhecimento básico necessário para que você comece a investir da melhor maneira possível.


A bolsa atualmente e a bolsa no Brasil


A bolsa de valores dos dias atuais difere na antiga em Amsterdã pela modernização da vida humana, principalmente da tecnologia e do tamanho da economia global, mas a essência permanece a mesma.


É um ambiente que garante a transparência e a segurança das negociações com ativos financeiros. Onde compradores e vendedores colocam suas ordens de negociação e fecham negócios.


No Brasil só há uma bolsa de valores, a B3 (clique aqui para ir ao site da bolsa), então investidores e especuladores brasileiros e estrangeiros, que queiram negociar ativos financeiros brasileiros, precisam ter uma conta com acesso à B3 para negociar.


A B3 oferece diversos ativos financeiros para negociação, dentre eles: ações, opções de ações, contratos futuros (de índice, de moedas, de commodities), títulos públicos, fundos imobiliários, etc.


Por que investir na bolsa?


Pode-se dizer que essa é uma pergunta capciosa, pois na verdade se você investe, muito provavelmente já investe no mercado financeiro brasileiro, já investe na bolsa de valores daqui, pois quase tudo passa pela B3.


Mas quando a maioria das pessoas faz essa pergunta, na verdade estão perguntando: “Por que investir em ações?” ou “Por que investir em renda variável?”. É um engano. Se você ler o livro que ofereci acima, vai entender o porquê.


Como investir na bolsa?


A fim de organizar as negociações, não é possível que qualquer pessoa tenha acesso ao sistema de negociação da bolsa para colocar ordens de compra e venda.


O que levou à necessidade de limitar o número de pessoas que podem fazer isso, concedendo uma autorização para aqueles que cumprissem os requisitos, assim surgiu a corretora de valores.


As corretoras de valores são as únicas autorizadas a colocar ordem de compra e venda no sistema de negociação da bolsa de valores, o que força os investidores a ter uma conta nas corretoras, enviar suas ordens à elas, para que estas a envie para a bolsa de valores.


Então, você investidor precisa ter uma conta em uma corretora de valores para negociar os ativos financeiros que são negociados nas bolsa de valores.


Cadastre seu e-mail e receba mais educação financeira, clique aqui!

15 visualizações
 

©2018 by Fred Pereira. Proudly created with Wix.com