Buscar
  • fredericopereira191

Reflexões da semana no mercado financeiro - 21/07/2019


Gráfico semanal do Ibovespa.

Sem delongas, vamos refletir sobre os fatos que marcaram a última semana e que são importantes para a próxima.


O objetivo é refletir sobre decisões para nossas carteiras de investimentos, tanto para os próximos 6 meses ou mais, quanto para oportunidades de curtíssimo prazo.



A SEMANA DA RESSACA!


A semana passada foi de ressaca da aprovação da reforma da previdência no primeiro turno. O volume caiu, o mercado fez vários candles de lado, criando um suporte nos 104 mil pontos e uma resistência nos 105 mil pontos.


Seria de se esperar uma queda maior, depois da forte alta, mas o parece que o mercado ficou na espera dos estímulos que a equipe econômica tem prometido. Infelizmente, por enquanto só tivemos boatos, nada concreto.


Lá fora aumentou a pressão para o FED reduzir os juros, o que também contribuiu para que o mercado se sustentasse, já que a maioria considera que os mercados emergentes serão os mais beneficiados por esse afrouxamento monetário.



BRASIL É GRAU DE INVESTIMENTO?


Bom, grau de investimento é um "título de bom pagador", que acontece quando um país recebe determinadas positivas das empresas classificadoras de risco.


Isso é importante porque os maiores fundos de investimentos do mundo tem restrições para aplicar em países que não tenham "grau de investimento", então ter significa muito mais acesso a investimento.


Acontece que, assim como as taxas de juros ou melhor na economia, essas coisas primeiro são negociadas a mercado, aquele velho "o mercado antecipa"; sabe a Selic, mercado já negocia ela entre 5 e 5,5% no fim do ano, sabe o lucro das empresas, negocia já precifica eles uns 12 meses na frente.


Então, o mercado negocia o risco dos países também, através de um negócio chamado CDS (Credit Default Swap), que é uma espécie de seguro contra calote da dívida do país. Acontece que o CDS do Brasil bateu níveis não vistos a anos, desde a época em que tivemos Grau de Investimento, ou seja, parece que o mercado já está antecipando que o Brasil terá Grau de Investimento nos próximos anos.


Para o investidor, seria lindo, mais um avanço rumo à melhora da economia do país, com a aprovação da reforma da previdência, o programa de privatização, a reforma tributária, a abertura comercial, enfim, toda a agenda pró-mercado do atual governo, o Grau de Investimento vem e o Brasil deve atrair muito investimento, isso tudo reforça a visão positiva de longo prazo pras ações das empresas prósperas e lucrativas.


Para o especulador, não percamos tempo.


FGTS liberado, e agora?


Bolsonaro falando sobre liberação do FGTS

Essa semana algumas pessoas me perguntaram se vale a pena tirar dinheiro do FGTS para aplicar, achei importante colocar aqui para que mais pessoas tenham consciência da resposta.


VALE MUITO PENA! Assim, não tem nem o que refletir, não tem nem que perder tempo pensando, é simples assim: no FGTS seu dinheiro não rende nem a inflação, é pior que poupança, ou seja, é pior do que o pior!


Então saque sem medo, vamos investir dinheiro de verdade!


Para o investidor, saque o quanto antes e aproveite que nós estamos em momento único para entrar no mercado logo no início da migração do dinheiro da renda fixa para a renda variável, faça isso logo que for possível!


Para o especulador, não percamos tempo, isso é papo de longo prazo.


FOLLOW ON DE MOVIDA


A Movida anunciou follow on de 1 bilhão essa semana, pouco mais da metade do dinheiro irão direto para o caixa da empresa, pra financiar mais crescimento, essa é a parte positiva.


Parte da grana vai pro grupo controlador, a JSL, o que não parece legal; depois de uma bela subida nos últimos 12 meses (da qual clientes aqui puderam aproveitar bem), o controlador vai pôr no bolso, será que nós também deveríamos fazer o mesmo?


Gráfico semanal de Movida (MOVI3)

É preciso pensar bem na situação da empresa, pois o controlador também se alavancou capitalizando a empresa quando o preço estava nas mínimas. Na época anunciando que a intenção da empresa era competir em pé de igualdade com as duas maiores concorrentes, Localiza e Locamérica.


Isso ainda não dá pra afirmar com certeza, principalmente com Localiza, mas no mercado ela já passou a ser negociada com múltiplos parecidos com o de Locamérica; se continuar nesse ritmo, pode ser negociada mais próxima de Localiza, o que nos leva a pensar que talvez seja melhor segurar.


O balanço do primeiro trimestre foi muito bom, vamos ver se o segundo continua mostrando bons resultados. A empresa ainda precisa começar a vender os carros usados no mesmo ritmo que as concorrentes.


RAY DALIO: COMPRE OURO E VENDA AÇÕES (SERÁ?)


Ray Dalio: o gestor lendário avisando dos riscos, de novo!

Essa semana um dos gestores mais respeitados no mercado internacional, Ray Dalio, divulgou um texto falando do cenário para a economia global com grandes dívidas públicas dos principais países.


A conclusão em termos de alocação é: protejam-se! Comprem ouro e vendam ações. Ou seja, ele acredita que podemos estar caminhando para um cenário ruim para a economia, ou pelo menos ruim para os preços das ações das empresas.


Não é novidade, a verdade é que se essa crise vier, ou o crash, será a primeira da história que será amplamente antecipada, amplamente anunciada, pra tudo que é lugar que a gente olha no mercado, as pessoas falam disso. Será mesmo que isso é possível? Será que "desta vez é diferente?


Bom, se for assim mesmo, pode ser uma boa ter ouro, dólar e até FII's.


O IRÃ REALMENTE VAI PRA GUERRA?


Estreito de Ormuz

Coloquei a foto do Estreito de Ormuz para termos uma ideia do fluxo na região, é gigantesco! Dois terços do petróleo produzido no mundo passa por aí. Estamos falando de barris que vão abastecer o Japão, a China e a Europa, que estão entre as maiores economias do mundo.


Em 1990, Saddam Hussein fez a mesma coisa na fronteira do Iraque com o Kuwait, não fazia sentido ele ir pra guerra, pouca gente acreditava que ele ia em frente, mas ele foi! Agora, o Irã, não faz sentido nenhum eles irem para a guerra, a derrota é quase certa e o resultado, provavelmente, o mesmo. Então por que?


Na época a União Soviética tinha caído e a China ainda não era um player relevante, o resultado foi a união da comunidade internacional aos EUA e uma ação coordenada pela ONU contra Saddam, a famosa "Tempestade no Deserto". Mas e agora? A Rússia, ou seu presidente, pleiteiam protagonismo na geopolítica mundial e é favorecida com a alta do petróleo e seus derivados, a China cresceu a ponto de rivalizar com os EUA e começa a ampliar sua área de influência, o mundo é outro, será que teríamos outra união pró estabilidade.


Essa é a pergunta do momento no cenário internacional, o preço do petróleo (e das petroleiras) deve dar o tom do mercado na semana que começa!



Conclusão


Começo a semana querendo vender na segunda. A não ser que tenhamos notícias muito positivas vindo de fora ou da equipe econômica, coisa realmente relevantes que façam o mercado subir, a tendência é mesmo de queda, essa é minha expectativa . correção, aproveite para comprar. (4ª semana desse parágrafo, essa semana começou a ir, mas ainda não o suficiente)


Começo a semana querendo vender na segunda. A não ser que tenhamos notícias muito positivas vindo de fora ou da equipe econômica, coisa realmente relevantes que façam o mercado subir, a tendência é mesmo de queda, essa é minha expectativa (2ª semana desse parágrafo, semana passada fiz dinheiro vendendo quase todo dia, com exceção de quinta).


Entre no grupo do Whatsapp (98 98785-2325) se quiser aprender sobre investimentos.



Uma ótima semana para você, muito obrigado por ler meu texto e boa sorte!



43 visualizações
 

©2018 by Fred Pereira. Proudly created with Wix.com