Buscar
  • fredericopereira191

Vale a pena comprar ações de Tupy ou TUPY3?


Fábrica da Tupy, a empresa brasileira que é líder mundial de fornecimento de peças

Esse texto pretende refletir, ou pelo menos ajudar, se a vale a pena comprar TUPY3 ou ações de Tupy, ou seja, se vale a pena ser sócio dessa empresa brasileira que opera mundialmente a muito tempo.


Esse texto não é uma recomendação de investimento para comprar as ações de Tupy, é um esforço de reflexão e estudos sobre o negócio, se você comprar e/ou vender as ações com base no que você ler aqui, os resultados serão de sua inteira responsabilidade, pois as informações aqui contidas são públicas e as minhas opiniões pessoais não são recomendação de investimento.


Espero que o texto apenas lhe ajude a se informar, vamos à Tupy.


O que é a Tupy?


É uma empresa brasileira que produz e comercializa: blocos e cabeçotes para motor à combustão, diversas peças (sistemas de freio, transmissão, direção, eixo e suspensão), conexões de ferro maleável, granalhas de aço e perfis contínuos de ferro. Ou seja, atende vários ramos da indústria e especialmente o setor automotivo, principalmente veículos e máquinas pesadas.


É uma empresa muito antiga que quase quebrou sob o peso das dívidas depois que o controlador morreu precocemente num acidente de avião; no processo de reestruturação bancos e fundos de pensão assumiram a empresa, transformando-a em uma corporação, com 50% de free float (ações negociadas na bolsa de valores), sendo controlada atualmente por BNDES e Previ.


Particularmente, prefiro empresa que tem um dono, alguém que tenha uma visão e defenda a empresa; o controle pelo governo via fundos de pensão e BNDES também tem um potencial de risco, dependendo do governo em questão, no momento em que escrevo podemos esperar algo bom vindo de lá, mas isso pode mudar. O BNDES já anunciou que deve vender as ações, se o fizer a mercado, pode atrair novo acordo de controle, é uma incerteza que permanece em aberto.


As ações são ordinárias negociadas na B3 sob o código TUPY3; então, se você quiser ser sócio desse negócio, precisa comprar TUPY3 na bolsa de valores, segue gráfico:


Gráfico mensal com preço de TUPY3 nos últimos 10 anos na bolsa de valores

Como TUPY3 faz dinheiro?


Fazendo um resumo tosco, ela faz o "processo de usinagem" de diversas peças que são necessárias na indústria, como já explicado, sendo 60% blocos e cabeçotes (como o da foto inicial) para motores a combustão. Detalho abaixo esse processo pra ficar mais claro:


1 - Fusão: é a primeira etapa, quando juntam a matéria-prima, como ferroligas (lembra de FESA4), em fornos aquecidos a 1.500 graus para obter metal líquido.


2 - Moldagem: é a confecção dos moldes que dão formato externo às peças.


3 - Macharia: é a confecção dos moldes que dão formato interno às peças.


4 - Vazamento: os moldes externos e internos são "encaixados" e a estrutura formada é "vazada" com o metal líquido, depois esse conjunto passa por um resfriamento.


5 - Acabamento: quando a peça é adequada às especificações do cliente.


6 - Usinagem: quando são realizados os últimos ajustes para que a peça possa ser utilizada.


Se quiser ajuda para investir, clique aqui.


Optei por detalhar o processo para que você possa imaginar a complexidade e, mais importante, a relevância que isso tem em um mundo em que nós temos diferentes tipos e modelos de máquinas e veículos. Onde cada fabricante projeta e demanda peças diferentes e em que todos estão em constante concorrência para melhorar desempenho de seus produtos.


Sendo a Tupy a líder mundial do setor, podemos entender como ela tem relevante barreira de entrada em um setor que não deve ser passível de grande fonte de investimento com o mundo procurando por formas alternativas ao motor a combustão, isso permite o que a empresa já vem fazendo, que é crescer pagando dividendos ao mesmo tempo que mantém dívida baixa.


Por fim, é importante observar também que o "produto" não é só fabricar as peças, inclui a prestação de serviços de engenharia de ponta, na qual a empresa investe constantemente, porque os contratos com os clientes são de 5 anos (em média) e inclui a capacidade de colaborar na concepção e confecção das peças, outro diferencial competitivo importante.


Como foram os resultados de Tupy até aqui?


Gráfico com os últimos 10 anos de Retorno sobre o Patrimônio Líquido de Tupy

Diz o ditado que "uma imagem vale mais do que mil palavras", a imagem acima conta muito sobre o que era a empresa e sugere as mudanças que foram necessárias; a empresa vinha surfando bem o ciclo de expansão turbinada de consumo que a economia brasileira passou até 2013, quando o colapso esperado se materializou, daí sofreu com a crise que toda a economia, um processo natural de desalavancagem.


Um processo como esse demanda mudanças para melhor, exige que a empresa corte custos, abandone projetos que gerem menos valor, enfim, foi o que foi feito; a empresa abandonou negócios que não eram o core business, fechou unidades e passou a dar foco nos projetos e produtos mais rentáveis, que gerariam mais valor para o acionista, é isso que mostra os últimos anos, os bons resultados retornaram e agora a empresa pretende aproveitar a retomada da economia para melhorar e perpetuar esses retornos.


Gráfico de 10 anos da Receita Líquida de Tupy

Outro detalhe interessante do histórico de resultados da Tupy é que ela não teve queda de receita nesse período complicado, ficou um tempo sem crescer a receita, mas voltou a ter crescimento nos últimos anos, o que sinaliza que a empresa tem uma forte e consolidada posição de mercado.


Se quiser ajuda para investir, clique aqui.


Por que algúem compraria ou não TUPY3?


A posição relevante de mercado, que permite que a empresa passe por crises sem perda significativa de receita, é um ponto importante para quem deseja comprar ações da Tupy, porque é um setor complexo que entra em uma época de queda de investimentos (novos motores), o que indica baixa concorrência pros ano vindouros, isso pode ser bom para os lucros.


As mudanças bem sucedidas durante a última crise, que claramente aumentaram o potencial de geração de lucros da empresa também são muito atrativas, esse tipo de transformação exige uma série de acertos que não são fáceis de implementar, o que indica que a administração bem tomando boas decisões e pode continuar esse caminho promissor.


A presença internacional implica forte receita em dólar (80% da receita), o que pode ser muito interessante num mundo em que a moeda norte americana está se valorizando, em que a política econômica brasileira tende para ser mais receptiva a desvalorização da moeda nacional e, por fim, em uma carteira de ações diversificada.


Mas é preciso ficar atento com a mudança na composição acionária, se o BNDES vai sair mesmo, o atual acordo de acionistas será revisto; como uma corporação, a estabilidade da administração depende de uma base acionária "instável", o que pode representar algum risco. A saída do BNDES também exerce alguma pressão no preço, pois o "mercado" fica esperando por um oferta de ações.


60% do faturamento da empresa bem de blocos e cabeçotes de motores a combustão, um produto que tem sua relevância atacada pela corrida "tech" pela adoção de motores elétricos ou outras opções, isso pode impactar as ações de duas formas: i) a baixa procura pelo "mercado", que busca pela inovação, pela novidade, isso implica em preços "deprimidos"; ii) se o esforço pela busca de outros motores tiver sucesso, o motor à combustão pode passar a ser muito pouco utilizado, seria um desastre para as ações, se a empresa não se adaptasse.


As margens de lucro de Tupy nos últimos 10 anos

Por fim, as margens de lucro de Tupy não "enchem os olhos", são baixas mesmo, característica do setor em que atua. O que faz com que seja bastante importante ter uma posição dominante com vantagens competitivas, além de uma administração que tenha foco em geração de valor para o acionista.


Vale a pena compra TUPY3?


Depende de quanto você está disposto a pagar pelo negócio, porque preço é uma coisa e valor é outra; nos preços atuais a Tupy negocia a 0,89 do valor patrimonial e 8 vezes os lucros anuais, o que parece parece interessante para um negócio que está pagando dividendos constantemente e promete continuar a fazer isso.


Mas é preciso ter consciência que o negócio tem margens baixas e precisa manter a boa posição de mercado atual, mais do que isso, é preciso ter consciência que o setor não tem perspectivas de grande crescimento, pelo contrário, então a empresa precisa manter a visão atual de geração de valor pro acionista ao longo dos próximos anos.


Espero ter ajudado você a conhecer melhor a empresa, se quiser ajuda para investir, clique aqui.


Muito obrigado por ler meu texto!

108 visualizações
 

©2018 by Fred Pereira. Proudly created with Wix.com