Buscar
  • fredericopereira191

Vale a pena comprar FESA4 ou Ferbasa?


Instalações da Ferbasa na Bahia

Esse texto pretende refletir, ou pelo menos ajudar, se vale a pena comprar FESA4 ou Ferbasa, ou seja, se vale a pena ser sócio dessa empresa brasileira que opera na Bahia a muito tempo.


Esse texto não é uma recomendação para comprar as ações preferenciais de Ferbasa, é um esforço de reflexão e estudos sobre o negócio, se você comprar e/ou vender as ações com base no que você ler aqui, os resultados serão de sua inteira responsabilidade, pois as informações aqui contidas são públicas e as minhas opiniões pessoais não são recomendação de investimento.


Espero que o texto apenas lhe ajude a se informar, vamos à Ferbasa.


O que é a Ferbasa?


É uma empresa brasileira que produz ferroligas: Ferrocromo Alto Carbono, Ferrocromo Baixo Carbono, Ferrossilício Cromo e Ferrossilício 75%; importante matéria prima para a indústria (automóveis, bens de consumo, ações especiais, etc).


A companhia atende principalmente o setor siderúrgico nacional, exportando cerca de 1/3 da produção. O principal concorrente no exterior é a Glencore, com operações na África do Sul, que passa por problemas atualmente. A empresa tem a Fundação José Carvalho (fundador) como controladora, com 50,39% das ações, sendo que 39% dos acionistas estão pulverizados.


Eu gosto muito desse tipo de controle, uma fundação tem que ser pé no chão, o que se reflete bem na saúde financeira da empresa, e precisa de dividendos, o que pode se alinhar bem aos acionistas. A Fundação José Carvalho tem 6 escolas no interior da Bahia e iniciativas de reforço escolar para alunos do sistema público. Para saber mais, entra no site deles: clique aqui.


As ações preferenciais são negociadas na B3 sob o código FESA4 e as ordinárias são praticamente todas da Fundação José Carvalho. Então, se você quer ser sócio desse negócio, precisa comprar FESA4 a mercado, segue gráfico:


Gráfico mensal de 10 anos da FESA4

Coloquei o gráfico só para você ter uma ideia de como o preço evoluiu no período, na verdade isso importa pouco para quem quer ser sócio. Vamos ao que interessa.


Se quiser ajuda para investir, clique aqui!


Como FESA4 faz dinheiro?


Bom, além das ferroligas já mencionadas, a Ferbasa também vende: areia de cromita, lump, concentrado, cal virgem e sílica ativa. Ou seja, são vários produtos que a maioria das pessoas não conhece e que, muito provalvemente, não querem conhecer melhor. Isso me lembra do Peter Lynch dizendo que gosta de negócios que pouca gente se importa, porque costumam ter preços baixos, esse é um deles.


Mas a Ferbasa não só produz tudo isso, como o faz com tecnologia de ponta e de forma verticalizada, o que deixa o negócio bem mais interessante, porque a empresa é a única a fazer isso em toda a América e, principalmente, porque isso melhora a segurança e a rentabilidade da empresa. Porque "verticalizada" quer dizer que a empresa extrai (ou planta) sua matéria-prima básica (minas e florestas), processa isso na fábrica (metalurgia) e tudo isso em parte já com energia própria (usina eólica).


Se você quiser saber mais sobre a empresa, clique aqui para ir ao site.


Essa produção verticalizada de produtos essenciais para a indústria nacional e internacional, permite que a empresa apresente lucratividade boa e consistente, como você pode ver pelo retorno sobre o patrimônio líquido no gráfico abaixo.


Retorno sobre o Patrimônio Líquido de Ferbasa dos últimos 10 anos

Se quiser ajuda para investir, clique aqui!


Como foram os resultados de Ferbasa até aqui?


O último gráfico já nos dá uma boa noção do que podemos esperar da empresa, pois um retorno sobre o patrimônio líquido de 10% ou mais por ano, com relativa consistência nos últimos 10 anos é algo interessante, você não encontra negócios assim facilmente. Além de crescer com consistência, também o faz distribuindo dividendos, olha os 10 anos.



Lucro Líquido e Dividendos de FESA4 nos últimos 10 anos

Além do crescimento da empresa com distribuição de dividendos, é interessante ver como ela vem consistentemente crescendo a receita e os ativos ao longo desses 10 anos, você pode ver esses gráficos no Fundamentus, clicando aqui.


Essa consistência nos resultados é um bom sinal sobre quase tudo que importa para um investidor, sinaliza uma boa administração ao longo de muito tempo, em linha com o que se espera de um Fundação.


Mas é perceptível que a empresa não cresce a taxas muito altas, o que deve ficar abaixo da alta expectativa de crescimento que o mercado costuma buscar, o que explica em parte a baixa cobertura da empresa.


Então o investidor que compra FESA4 não deve esperar por crescimento espetacular, mas por resultados consistentes e positivos.


Por que alguém compraria ou não FESA4?


Como a distribuição consistente de dividendos não é algo comum, eu diria que esse seria o primeiro motivo pelo qual poderia valer a pena comprar FESA4, um investidor atento compraria ações quando ela estivesse negociando com desconto, afim de que o % de dividendos fosse atrativo.


O segundo motivo seria ser sócio de um negócio que cresce consistentemente, mesmo que a níveis modestos, pois mesmo assim, se o investidor tiver o cuidado de comprar as ações quando elas estiverem com um desconto sobre o patrimônio líquido, mesmo crescimento modesto pode remunerar bem no longo prazo.


O terceiro motivo seria um mercado de siderurgia (principal cliente) em ciclo de baixa, pois implicaria um potencial de crescimento futuro acima do que a média dos últimos anos, já que um ciclo de alta para seus clientes significaria um ciclo de alta para ela também.


Alguém que procura por crescimento significativo nos negócios em que participa não deve ter o menor interesse em Ferbasa, esse é o principal motivo para não comprar. Porque é uma empresa conservadora, que não se alavanca, que fornece matéria-prima para um mercado cíclico.


O segundo motivo importante é o tamanho do negócio, que inviabiliza a entrada de investidores muito grandes, dependendo do tamanho do investidor, as ações tem pouca liquidez ou pouca disponibilidade para que ele entre ou saia da posição.


O terceiro motivo seria margens de lucro baixas em um negócio sem barreira de entrada, o que implica na possibilidade de mudanças significativas no negócio por conta da entrada de concorrentes.


Vale a pena comprar FESA4?


Depende de quanto você está disposto a pagar pelo negócio, porque preço é uma coisa e valor é outra; nos preços atuais a Ferbasa negocia a 0,7x o valor patrimonial e a 6x o lucro anual, o que parece muito interessante para um negócio que entrega com consistência num setor cíclico.


Mas você precisará ter paciência para que os lucros sejam gerados e distribuídos, então não vale a pena comprar esperando retornos de curto prazo, esse é o tipo de negócio que leva tempo para você desfrutar dos resultados.


Espero ter ajudado você a conhecer melhor a empresa, se quiser ajuda para investir, clique aqui.


Muito obrigado por ler meu texto!

100 visualizações
 

©2018 by Fred Pereira. Proudly created with Wix.com